São Paulo na Feira de Buenos Aires

Imagem: 

 
A Feira Internacional do Livro de Buenos Aires chega à sua 40ª edição. Entre os dias 24 de abril e 12 de maio os visitantes da Feira poderão ter acesso à uma programação cultural composta por mais de 1500 atividades. Um dos destaque do evento será a participação de São Paulo como “Cidade Convidada de Honra”. O convite faz parte de uma nova tradição da Feira do Livro: a “Ciudad Invitada”, inaugurada no ano passado pelo Café Amsterdam, um programa da Fundação de Letras dos Países-Baixos.
 
Os antecedentes da Feira de Buenos Aires, uma das mais importantes da América Latina, remontam a 1971, quando a Sociedade Argentina de Escritores (SADE) decide iniciar um plano com o objetivo de encontrar a maneira mais rápida e eficaz de incentivar e difundir a leitura. Iniciou-se assim a organização de varias feiras que, além de cumprir com o objetivo proposto, chegariam a se constituir em um centro de atividades culturais mais amplas. A primeira edição da Feira ocorreu em 1975 com 116 expositores e 140.000 visitantes, 40 edições depois, espera-se que a feira receba mais de um milhão de visitantes.
 
A Biblioteca Mario de Andrade, responsável por organizar a participação da cidade na Feira, decidiu levar às terras portenhas artistas e autores da periferia de São Paulo. O estande, de 147m², será ambientado pela ONG Jamac (Jardim Míriam Arte Clube) com a coordenação da artista plástica Monica Nador. Como convidada da BMA, a ABER participará na Feira nos dias 2, 3 e 4 de maio com oficinas de Encadernação para crianças.
 
Leia também o seguinte artigo sobre a participação de São Paulo no evento: "Uma ponte de versos entre a periferia de São Paulo e a terra de Gardel".
 
 
Texto: Sara Tufano
Imagem: Novo logótipo da Feira Internacional do Livro de Buenos Aires 

SITE DESENVOLVIDO POR MANISH | DESIGN DE PATHOS GRAPHICOS