Riga, capital europeia da cultura em 2014

Imagem: 

A Letônia começa o ano como novo integrante da Zona Euro, tornando-se assim no 18º membro da União Europeia a abandonar sua moeda nacional. Sua capital, Riga, será nesse ano a capital europeia da cultura, junto com a cidade de Umeå, maior cidade do norte da Suécia. 
 
A agenda cultural abarca o ano inteiro e contará com exposições nos principais museus da cidade. A singularidade do âmbar natural no Báltico, as artes visuais durante a Primeira Guerra Mundial ou a obra da artista estadunidense nascida em Letônia, Vija Celmiņa, serão alguns dos temas. A Opera Nacional da Letônia apresentará uma encenação multimídia da Rienzi, ópera de Richard Wagner, que foi diretor musical do teatro de Riga de 1837 a 1839.
 
Já no dia 18 de janeiro está previsto que umas 250.000 pessoas formem uma corrente humana para, de mão em mão, transferir os livros da antiga Biblioteca Nacional, nos arredores do centro histórico, até Gaismas pils (O Castelo de Luz), a Nova Biblioteca Nacional de Letônia, na outra margem do Rio Daugava. A celebração do ingresso do primeiro livro à Nova Biblioteca contará com a participação do arquiteto americano de origem letã Gunārs Birkerts e o diretor da Nova Biblioteca, Andris Vilks, além de membros do governo e convidados estrangeiros.
 
A primeira sala de leitura será aberta ao público em abril, no entanto o processo completo de abertura só será concluído em agosto. O lançamento oficial do novo prédio será no dia 29 de agosto, dia da celebração dos 95 anos da Biblioteca Nacional e da comemoração do 25o aniversário da “Cadeia báltica”, um cordão humano formado por aproximadamente dois milhões de pessoas e de mais de 600 km de comprimento, atravessando os três países bálticos (Estônia, Letônia e Lituânia) e passando por suas respectivas capitais (Tallin, Riga e Vilnius) e cujo objetivo foi reivindicar a independência desses países em relação à União  Soviética, 50 anos depois do Tratado Molotov-Ribbentrop.
 
Na Nova Biblioteca os visitantes poderão assistir a uma exposição consagrada aos 500 anos do livro impresso.
 
Foto: site delfi.lv
Texto: Sara Tufano

SITE DESENVOLVIDO POR MANISH | DESIGN DE PATHOS GRAPHICOS