Exposição "As marcas deixadas nos livros" da BMA oferece 2 cursos da ABER

Imagem: 

É parte da exposição abaixo, "As marcas deixadas nos livros", dois cursos que a ABER oferece na BMA: "Conservação e Pequenos Reparos em Livros", ministrada por Marlene Laky e Roseli Klapp Zimmermann e "Encadernação", po Sidnei Perego.

Clique aqui para saber mais sobre o curso de Conservação e Restauro; e aqui para o de Encadernação.

---------------------------------------------------------

As marcas deixadas nos livros

Com esta exposição, iniciamos uma campanha para incentivar os usuários a preservar os livros da Coleção Circulante da Biblioteca Mário de Andrade. Aqui na Circulante, realizamos um mapeamento dos materiais danificados no acervo a fim de disponibilizar obras em bom estado físico. Nossos funcionários folheiam os livros antes e depois do empréstimo com o intuito de identificar danos à obra que possam diminuir ou, até mesmo, impossibilitar que ela seja totalmente aproveitada por quem a escolheu.

Esta é uma pequena amostra dos diversos problemas encontrados: manchas provocadas pela umidade ou por produtos oleosos e de origem desconhecida; presença de fungos; grifos e anotações a lápis e canetas diversas; reparos feitos sem conhecimentos específicos e com materiais inadequados.

foto 1-1

foto 4

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

foto 5

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Todos esses danos foram causados por leitores que não tomaram os devidos cuidados com as obras durante o tempo no qual elas estavam sob sua responsabilidade. Conforme nosso Regulamento, se o usuário extraviar ou danificar uma obra, fica ele ou seu responsável obrigado a fazer a reposição. Em geral, esses estragos são irreversíveis, ou seja, impossíveis de serem retirados ou apagados. Mesmo os grifos e anotações a lápis podem provocar outros danos (por exemplo, o rasgo de uma folha) ao serem apagados. Por esse motivo, os livros são retirados de circulação e deixam de cumprir seu objetivo, acarretando em perdas ao patrimônio público.

foto 6

Quando encontrar um livro danificado, não tente “consertar” por conta própria. Mostre a um funcionário, pois ele encaminhará a obra para um colega capacitado a fazer os reparos necessários. Em caso de dúvidas sobre como cuidar da obra, fale com um de nossos funcionários.

foto 2

Lembre-se: ao deixar sua “marca” no livro, você será a última pessoa a vê-la.

Esta campanha é realizada pelo trabalho conjunto da Seção Circulante e os setores de Preservação, Ação Cultural e Desenvolvimento de Coleções da Biblioteca Mário de Andrade.

Site: www.bma.sp.gov.br

Facebook: www.facebook.com/BibliotecaMariodeAndrade

Twitter: @BibliotecaBMA

Blog: acbma.com.br/bma/

SITE DESENVOLVIDO POR MANISH | DESIGN DE PATHOS GRAPHICOS